Adega VelhaGuia para um dia perfeito: viagem às origens da Adega Velha

Guia para um dia perfeito: viagem às origens da Adega Velha

barril da adega velha
Jardins centenários e vinhas a perder de vista são alguns dos ingredientes que fazem da Adega Velha o que é hoje. Descubra o que torna esta história tão especial. Todas as histórias têm um início. A da Adega Velha começa em 1971, por acidente e logo com uma mensagem escondida numa garrafa. Foi nesse ano que António Guedes descobriu por acaso uma garrafa mantida a destilar em segredo pelo pai. Sem saber o que continha nem há quanto tempo ali estava, cedeu à curiosidade – e o resto é (esta) história. As histórias também precisam de um cenário. O da Adega Velha é uma das mais belas regiões vinhateiras do país, marcada pelas castas autóctones, clima fresco e a influência marítima. Nos jardins, convivem árvores centenárias e espécies exóticas, como o cedro japonês, o cipreste dos pântanos, a sequoia americana, e mais de 90 espécies de camélias. Há uma janela manuelina e uma casa de chá num lago, que adensam o ar de mistério. Entre os jardins, a enigmática Torre das Cabras acolhe uma simpática família de cabras anãs. O cenário desta história passa pela velha adega, um edifício muito especial na Quinta da Aveleda. Foi a primeira a ser construída, em 1885, na altura com capacidade para 280 pipas de vinho quando só se produziam 12 pipos de vinho. Desde então, aqui descansam vinhos e aguardentes em cascos de carvalho francês, provenientes da região de Limousin, sob iluminação reduzida. Ao entrar, o visitante é envolvido pelo cheiro a madeira húmida e pelos subtis cantos gregorianos, que criam uma atmosfera mítica. O cenário e o passado são importantes, mas são as pessoas que contam (n)as histórias. Como os mestres adegueiros que, a partir da fundação, mantinham aqui vigilância para garantir condições de temperatura e humidade constantes. Ou as cinco gerações que cuidaram as vinhas desde então. E, claro, nas grandes histórias não faltam os pequenos detalhes. Por exemplo, a redoma que expõe a primeira aguardente Adega Velha engarrafada, ou aquela garrafa de vidro trazida da Rússia que serviu de modelo ao formato atual. Histórias assim não acontecem só em filmes ou livros. Esta continua a acontecer, todos os dias. Mais do que uma janela para um longo passado, quem visita pode viver este legado. Há provas de vinhos e, para quem tem um pouco mais de tempo, workshops de pão em fornos a lenha, sessões de pintura com vinho e masterclasses de enologia. A varanda debruçada sobre o Vale do Sousa converte-se no cenário perfeito para refeições protagonizadas pelos vinhos da propriedade. Quem quiser prolongar esta viagem e levar um pouco desta experiência para casa, pode munir-se de vinhos, aguardentes, queijos e compotas. Como todas as grandes histórias, esta também é universal: daqui são encaminhadas garrafas para os quatro cantos do mundo que levam consigo a história da aguardente velha. Com o pôr-do-sol sobre vinhas, só faltam os créditos e perguntar: esta história pode voltar ao início? Sobre a Adega Velha A Adega Velha é uma marca de aguardente da Quinta da Aveleda, criada em 1971. Desde então tem vindo a evoluir, mantendo-se fiel às suas tradições e às suas origens. Hoje em dia, a Adega Velha pode ser apreciada por todo o mundo, e a própria quinta é um local muito visitado. Mas certas coisas não mudam. Os princípios que regem a produção desta aguardente são os mesmos, assim como o compromisso com a qualidade, o respeito pela natureza e o cuidado da produção artesanal, também. Cuidadosamente envelhecida, a Adega Velha liberta aromas suaves e aveludados, com um acabamento limpo e sofisticado. Saboreá-la é pausar o tempo, numa experiência completa cheia de sabor e personalidade. A Reter:
  • Onde: Quinta da Aveleda, Rua da Aveleda, n.º 2, 4560-570 Penafiel, Portugal
  • Quando: Visitas aos jardins mediante reserva, com preços a partir dos 12€
  • Como visitar: as reservas podem ser feitas online ou por email para enoturismo@aveleda.pt, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h.

Relacionados

Poderá também gostar de

Acompanhe as últimas novidades sobre a Adega Velha.

Vinery in the heart of Italy, since 1934.
Benvenuti!